História

Fundado em 27 de fevereiro de 1900 e com uma torcida constituída por mais de 100.000 membros associados e organizados, o FC Bayern München é o time alemão com o maior número de conquistas da Bundesliga e do Pokal. Exatamente por possuir números tão expressivos em tudo o que o envolve, o clube também é conhecido como Gigante da Baviera (região alemã onde se localiza a cidade de Munique) e se destaca no mundo como o time mais famoso da Alemanha.

Quem vê tanto sucesso mal pode acreditar que o clube surgiu justamente de uma descrença: os responsáveis pelo extinto MTV München 1879 não acreditavam que o time estava bom o bastante para fazer parte da Associação Alemã de Futebol (DFB) e se renderam antes mesmo de tentar. Por sorte, 11 membros que confiavam em seu talento deixaram a equipe e, juntos, criaram o FC Bayern München.

Inicialmente com 18 membros associados, o clube acumulou em seus primeiros meses várias vitórias contra os times locais e chegou às semifinais do Campeonato do Sul da Alemanha daquele ano. Em 1910, já com mais de 300 membros e 100 jovens jogadores, foi convidado para participar da Kreisliga, primeira liga regional da Bavária, e obteve o título.

Bayern 1911

Até o final da Primeira Guerra Mundial, período em que o futebol alemão passou por um hiato, o Bayern não voltou a vencer a Kreisliga. Porém, nos anos após a guerra, a equipe venceu várias competições regionais e chegou a seu primeiro título nacional em 1932, sob o comando do técnico Richard Kohn.

A popularização do Nazismo pôs um final repentino no desenvolvimento do Bayern München: o presidente e o técnico da equipe eram judeus e tiveram que deixar o país. Muitos outros membros também precisaram fugir e, taxado como "Clube de Judeus", o Bayern perdeu grande parte de seu elenco e voltou a possuir um time amador. Durante este período nenhum título foi alcançado e a posição nas tabelas não foi mais que mediana.

Após a Segunda Guerra, o Bayern se tornou membro da Oberliga Süd, a primeira divisão da região sul da Alemanha. O recomeço foi difícil e a equipe contou com 13 técnicos diferentes entre 1945 e 1963. Em 1955 o time foi rebaixado, mas retornou à Oberliga Süd na temporada seguinte, onde também conquistou o DFB Pokal pela primeira vez.

Bayern campeão do Pokal 1957

Em 1963 as Oberligas alemãs foram consolidadas em uma liga nacional, a Bundesliga. Cinco equipes da Oberliga Süd foram escolhidas mas, apesar do Bayern finalizar o campeonato em terceiro lugar naquele ano, o TSV 1860 München havia ganhado o título. Como a Federação Alemã de Futebol preferiu não incluir duas equipes de uma mesma cidade, o Bayern não foi escolhido para a Bundesliga, sendo promovido apenas dois anos depois com sua equipe de ouro: Franz Beckenbauer, Gerd Müller e Sepp Maier.

Com uma vitória de 8 a 0 em cima do Tennis Borussia Berlin, Bayern consegue sua vaga na Bundesliga

Em sua primeira temporada na Bundesliga, o Bayern terminou em terceiro lugar e também venceu o DFB Pokal, o que qualificou a equipe para participar da Recopa Européia no ano seguinte. Com uma final dramática contra o clube escocês Glasgow Rangers, onde Franz Roth marcou o gol decisivo durante a prorrogação, o Bayern conquistou seu primeiro título a nível europeu.

Em 1967 a equipe manteve o primeiro lugar no DFB Pokal, mas o progresso geral lento fez com que Branko Zebec assumisse como novo técnico em 1968. Ele substituiu o estilo ofensivo do Bayern por um jogo mais disciplinado e conseguiu com que a equipe vencesse, pela primeira vez, a Bundesliga. No mesmo ano, o Bayern também venceu o DFB Pokal, se tornando o primeiro time da história alemã a conquistar uma vitória dupla.

Porém, no início da temporada 69/70, o Bayern foi eliminado da Liga dos Campeões da Europa na primeira rodada e Zebec anunciou que não renovaria seu contrato com a equipe, sendo substituído por Udo Lattek em 1970. Após vencer o DFB Pokal em sua primeira temporada, o técnico levou o Bayern à segunda Bundesliga. A final, contra o Schalke 04, foi marcada por ser o primeiro jogo no novo Estádio Olímpico e também por ser a primeira partida transmitida ao vivo na história da Bundesliga. O Bayern venceu por 5 a 1.

O clube também conquistou as duas Bundesligas seguintes, mas o ápice foi a primeira vitória em uma Liga dos Campeões Europeus, em 1974, com um expressivo placar de 4 a 0 contra o Atlético de Madrid. Nos anos seguintes a equipe não teve sucesso a nível nacional, mas manteve o título Europeu por mais duas temporadas e conquistou, também, a Taça Intercontinental com uma vitória sobre o Cruzeiro, em 1976. Com a transferência de Franz Beckenbauer e Gerd Müller para outros times e a aposentadoria de Sepp Maier e Uli Hoeness, o resto da década de 70 foi um tempo de mudança, sem títulos para o Bayern.

Semi-final da Liga dos Campeões de 1976, contra o Real Madrid

Os anos 80 foram um período de turbulência fora de campo. Enquanto a dupla Paul Breitner e Karl-Heinz Rummenigge (Breitnigge), levava a equipe aos títulos da Bundesliga em 1980 e 1981, além de uma vitória no DFB Pokal em 1982, o Bayern enfrentava problemas financeiros. Com a aposentadoria de Breitner e duas temporadas relativamente ruins, o time contratou novamente Udo Lattek, que se consagrou como o treinador mais bem sucedido da Alemanha após conduzir o Bayern à vitória de cinco Bundesligas em seis temporadas, incluindo um DFB Pokal em 1986.

Jupp Heynckes foi contratado como técnico em 1987, mas após vencer dois campeonatos consecutivos, amargou o vice para o Kaiserslautern na temporada 90/91 e escapou do rebaixamento por apenas 5 pontos na temporada 91/92. A má fase só terminou quando Franz Beckenbauer assumiu o cargo, no segundo semestre da temporada 93/94. O Bayern venceu a Bundesliga após um hiato de quatro anos e Beckenbauer foi nomeado presidente do clube.

Os treinadores que se sucederam não conseguiram nenhum troféu, o que motivou Beckenbauer a retornar ao cargo de treinador e levar sua equipe à vitória da Liga Europa, na temporada 95/96. Nos anos seguintes, o Bayern só voltou a ter estabilidade em 1998, com a chegada de Ottmar Hitzfeld. O técnico permaneceu até o ano de 2004 e levou o time a quatro Bundesligas, dois DFB Pokal, uma Liga dos Campeões e um Intercontinental. Porém o baixo desempenho durante a temporada 03/04, perdendo o DFB Pokal para a equipe da segunda divisão Alemannia Aachen, motivou a saída do técnico, que foi substituído por Felix Magath.

Liga dos Campeões 2001

Magath conduziu o Bayern para duas temporadas consecutivas com vitórias da Bundesliga e do Pokal, mas uma queda, novamente para o Alemannia Aachen, fez com que o técnico fosse demitido logo após a pausa de inverno. Ottmar Hitzfeld regressou em janeiro de 2007, mas sua campanha irregular fez com que o clube ficasse fora da Liga dos Campeões pela primeira vez em mais de uma década.

Em 2007 o Bayern passou por uma grande reformulação em seu elenco. Um total de oito novos jogadores - incluindo Frank Ribéry – foram contratados e, no ano seguinte, Jürgen Klinsmann assumiu como novo técnico. Infelizmente não acertaram na escolha do comandante e, após uma grande sequência de derrotas em todos os campeonatos, Jupp Heynckes foi nomeado como interino até a chegada de Louis Van Gaal, na temporada 09/10.

Temporada 2010

A campanha regular com uma vitória dupla (Bundesliga e DFB Pokal) e um vice na Liga dos Campeões garantiu a estadia de van Gaal até a sequência de derrotas na temporada seguinte, que quase deixou o time sem a classificação para a Liga dos Campeões 11/12. Andries Jonker assumiu como interino até o retorno de Jupp Heynckes, que amargou uma temporada como vice em todos os campeonatos que disputou. Mas o técnico permaneceu a frente de nosso gigante em busca de rendenção para a temporada 12/13 e conseguiu apenas a melhor temporada do clube. Após o ápice de sua carreira, Heynckes se aposentou e deixou o FC Bayern nas mãos de Pep Guardiola, que tem o grande trabalho de manter o alto nível da equipe buscando a consolidação como uma das melhores do mundo.

PRÓXIMOS JOGOS

  • Bundesliga
    Bayern München
    Freiburg
    20 de Maio
    10h30
    Allianz Arena
    Munique

BUNDESLIGA 2016/17

Classificação Pontos
1 Bayern München 79
2 RB Leipzig 66
3 Borussia Dortmund 61
4 Hoffenheim 61
TABELA COMPLETA

VÍDEOS

FRAUEN BUNDESLIGA 2016/17

Classificação Pontos
1 Wolfsburg 53
2 Bayern München 49
3 Turbine Potsdam 47
4 Freiburg 44
TABELA COMPLETA

ELENCO

Anna Gerhardt

Anna Gerhardt

  • Posição: Meio-campo
  • Número: 27
  • No Bayern desde: Julho/2016
CONHEÇA O ELENCO

FACEBOOK