Bayern na Copa: James, o novo Valderrama

Hoje, traremos o terceiro episódio da nossa série de postagens especiais dos jogadores bávaros na Copa do Mundo. Desta vez, falaremos sobre uma das maiores sensações na última Copa, e que promete chegar voando na Copa do Mundo de 2018. Ele é James Rodríguez.

No dia 12 de julho de 1991 em Cúcuta, na Colômbia, nascia James David Rodríguez Rubio, um dos grandes destaques da Copa de 2014. E, hoje, nós vamos contar um pouco da história dele.

(Foto: Divulgação/FCBayern)

Careira

James iniciou sua carreira no futebol profissional aos 14 anos na equipe do Envigado FC, que na época estava na segunda divisão do campeonato colombiano. Ele permaneceu lá até a subida do time para a primeira divisão, que ocorreu em 2007.

Em 2008, James assinou um contrato com o Club Atlético Banfield, da Argentina. Porém sua estreia no time profissional só veio a acontecer em fevereiro de 2009. Seu primeiro gol pela equipe veio no dia 27 de fevereiro de 2009, em uma partida contra o Club Atlético Rosário Central, dando vitória ao Banfield pelo placar de 3x1.

Ainda em 2009, James tornou-se titular na equipe profissional, onde atuou em todos os jogos durante a Apertura 2009. Seu segundo pela equipe do Banfield veio em uma partida contra o Newell’s Old Boys, com um gol de fora da área. Esse gol ajudou no placar de 2x1 da partida, deu ao Balfield a vitória, que rendeu o campeonato argentino pela primeira vez na história do time.

Durante o Clausura 2010, em uma partida contra o arquirrival Club Atlético Lanús, marcou um golaço nos minutos finais da partida, garantido a vitória com um placar de 2x0. Depois do jogo, os comentaristas compararem o estilo de jogo de James com o de Cristiano Ronaldo e o apelidaram de James Bond de Banfield.

James ainda teve participações importantes na Libertadores. Em um jogo contra o Club Deportivo Cuenca, marcou o quarto gol da goleada. O placar final ficou em 4x1 para o Banfield. No jogo contra o Nacional do Uruguai, James marcou duas vezes, a primeira sendo com um mergulho de cabeça e logo depois um pênalti. 

A sua boa fase na Libertadores, chamou a atenção de times europeus e não demorou muito para que o primeiro time fizesse uma proposta.

 

FC Porto

No dia 6 de julho de 2010, James assinou um contrato de 4 anos com o FC Porto. Em 18 de julho ele fez sua estreia em um amistoso contra o AFC Ajax onde marcou seu primeiro gol pela equipe. Seu primeiro gol na Europa League foi contra o CSKA Sofia.

A vitória foi do Porto pelo placar de 3x1. Já no campeonato português, James marcou um hat-trick em uma partida contra o Vitória de Guimarães, selando a vitória do Porto pelo placar de 6x2, foi dada à James a camisa 10, pois ele se mostrava um jogador crucial em momentos importantes para a vitória do Porto. Assim sendo, ele assinou um novo contrato com o clube de 5 anos.

Na temporada 2012-13, James se destacou ainda mais marcando um gol no PSG durante a fase de grupos da Champions League. Alguns dias depois, marcou um gol de pênalti contra o rival Sporting CP. Esses feitos renderam ao colombiano o prêmio de Jogador do Mês SJPF, ainda no primeiro mês da temporada. No último jogo da temporada, James ajudou a assegurar que o Porto ganharia pela terceira vez consecutiva o campeonato português. Ao final da temporada, ele havia marcado 10 gols e 15 assistências em 32 jogos.

 

Mônaco

Em maio de 2013, James assinou um contrato de cinco temporadas com o Mônaco, junto com seu companheiro João Moutinho. Sua estreia pela equipe foi contra o FC Bordeaux, mas sem muito brilho.

Foi na partida contra o SC Bastia que James mostrou seu futebol, dando assistência para 2 gols na partida, que terminou com o placar de 3x0. Já na partida seguinte, contra o AS Saint-Étienne, o colombiano foi o Homem do Jogo dando assistência nos dois gols da equipe.

Para a mídia francesa, James foi considerado o melhor jogador do campeonato francês, devido a sua impressionante estreia pelo Mônaco.

 

Real Madrid

A performance de James na Copa de 2014, chamou a atenção do Real Madrid. E em 22 de julho de 2014, assinou com o time merengue por seis temporadas.

Sua estreia na equipe foi contra a Supercopa da UEFA contra o Sevilla, onde o Real Madrid venceu por 2x0. Seu primeiro gol foi em uma partida contra o Atlético de Madrid, pela Supercopa da Espanha, que terminou com o placar de 1x1. O colombiano também foi protagonista no Mundial de Clubes FIFA, apesar de não ter jogado a semifinal contra o Cruz Azul FC. Mas jogou na final contra o CA San Lorenzo, onde o Real Madrid foi campeão pelo placar de 2x0.

No final da temporada de 2016-17, James fez sua última partida no Santiago Bernabéu e assim, se despediu da torcida. Apareceu pela última vez com a camisa do time merengue na final da Champions League para comemorar o título, uma vez que o técnico Zidane nem havia o escalado.

 

Bayern de Munique

Em 11 de julho de 2017, James foi emprestado ao Bayern de Munique pelo Real Madrid por dois anos, com possibilidade de compra ao final do empréstimo.

Sua estreia pelo time foi devagar, trazendo dúvidas aos torcedores sobre como ele iria se portar no time. Mas com a volta do técnico Jupp Heynckes, James redescobriu sua performance no futebol.

Em sua primeira temporada, ganhou a sua primeira Bundesliga. Foi considerado pela equipe um dos principais membros, tendo marcado 6 gols e 10 assistências em apenas 19 partidas.

 

Seleção Colombiana

James entrou para a seleção da Colômbia Sub-17 em 2007, onde a equipe foi vice-campeã da Sul-Americana Sub-17. Também jogou pela equipe Sub-20 na Copa do Mundo Sub-20. Com a seleção colombiana ganhou o Torneio Internacional de Toulon em 2011.

Em setembro de 2011 foi convocado pela primeira para jogar para a equipe profissional da seleção da Colômbia, em uma partida contra a Bolívia. Nessa partida, foi eleito o Homem do Jogo por sua performance impressionante, incluindo a assistência no gol marcado no último minuto do jogo.

Já na Copa de 2014, James se destacou como a grande revelação da competição. Nas primeiras três partidas, contra a Grécia, Costa do Marfim e Japão, ele marcou gols. Nas oitavas de final, contra o Uruguai, James marcou dois gols. Nas quartas de final, após uma partida a qual não jogou muito bem, a Colômbia foi eliminada pelo Brasil com o placar de 2x1.

James terminou a Copa com 6 gols marcados em 5 jogos e, assim, sendo eleito o artilheiro do mundial, recebendo a Chuteira de Ouro. Além disso, em janeiro de 2015, o colombiano ganhou o Prêmio Puskas de gol mais bonito do ano, marcado diante da seleção do Uruguai.

A imprensa colombiana destaca os feitos de James, o chamando de sucessor do Valderrama e um dos melhores jogadores jovens do mundo.

Boa sorte, James! Esperamos ouvir muito sobre seus feitos nessa Copa.

TAGS: Copa do Mundo Especiais James

PRÓXIMOS JOGOS

  • Copa da Alemanha
    Bayern München
    Frankfurt
    19 de Maio
    15h00
    Olympiastadion Berlin
    Berlim

BUNDESLIGA 2017/18

Classificação Pontos
1 Bayern München 75
2 Schalke 04 55
3 Bayer Leverkusen 51
4 Borussia Dortmund 51
TABELA COMPLETA

VÍDEOS

ELENCO

Julian Green

Julian Green

  • Posição: Atacante
  • Número: 37
  • No Bayern desde: Julho/2009
CONHEÇA O ELENCO

FACEBOOK