De Virada, Bayern vence Sevilla fora de casa

Em jogo disputado, Bayern vence de virada em Sevilla e traz resultado favorável para a partida na Allianz Arena, na quarta-feira da próxima semana

 

O Bayern de Munique enfrentou, nesta terça (3), o Sevilla pela primeira partida das quartas de final da UEFA Champions League. O time espanhol recebeu os bávaros no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, no agitado bairro Nervión, e deverá ir até Munique na próxima semana, para disputar o jogo que decidirá a vaga.

O time da Baviera vem de um ótimo retrospecto nas competições que disputa: na Bundesliga lidera desde a décima rodada, podendo ser campeão neste fim de semana, na Copa da Alemanha, a DFB Pokal, disputará a semifinal contra o Bayer Leverkusen e na Liga dos Campeões, fez duas ótimas partidas contra o Beşiktaş, vencendo ambas e garantindo com tranquilidade a vaga na competição.

Além disso, o time alemão está com uma moral ainda maior: após a pausa para os amistosos da FIFA, o Bayern recebeu o Borussia Dortmund para o Der Klassiker e goleou os auri-negros pelo placar de 6x0. Na partida se destacaram Robert Lewandowski, que fez um hat-trick, Thomas Müller, James Rodríguez e Ribery, tendo os dois últimos se destacado também nessa partida, assumindo a responsabilidade em alguns momentos e sendo responsáveis pela virada do time bávaro.

Em um primeiro tempo fraco, o empate acaba sendo justo

Primeira etapa pouco criativa, sem a gana e o futebol de um jogo de quartas da Champions. O time alemão começou nitidamente melhor, pressionou o meio-campo, criou jogadas de ataque e conseguiu alguns escanteios. Embora melhor nesse momento da partida, a exibição não lembrou, nem de longe, o futebol apresentado sábado contra o rival alemão.

Sem aproveitar o bom início, o time visitante assistiu o Sevilla crescer seu futebol. O time espanhol chegou forte na marcação, quebrou o ritmo do Bayern e iniciou jogadas rápidas, forçando a defesa a trabalhar. Vale destacar que as saídas de bola erradas do Bayern também colaboraram com o time adversário.

Pablo Sarabia chegou ao gol do Bayern em três possibilidades: na primeira, num cruzamento de Escudero, o zagueiro Hummels acaba tirando mal e deixa a bola livre pra finalização do espanhol, que acabou mandando pra fora, após a intervenção de Ulreich; na segunda, o chute do espanhol parou na defesa do goleiro alemão; mas na terceira, em outro cruzamento de Escudero, Sarabia teve oportunidade de ajeitar e mandar pro fundo da rede, aos 31’. Há a discussão da maneira como essa bola foi ajeitada pelo jogador do Sevilla, podendo o mesmo ter utilizado o braço.

Ao Bayern coube cadenciar o jogo e minimizar a pressão dos donos da casa. Vidal, que sentiu logo no começo da partida, foi substituído por James Rodríguez e o jogador que entrou acabou participando segundos depois da jogada que resultaria no gol de empate. Num contra-ataque rápido do time bávaro, Ribéry teve a chance de finalizar, tendo seu chute desviado em Jesús Navas e, pela mudança na trajetória da bola, indo parar no fundo do gol. Bayern empata aos 37’.

O gol fora de casa, na Champions League, é fator classificatório e, portanto, o time bávaro acabou tendo vantagem nesse empate. Administrou o fim da etapa e aguardou o intervalo para ouvir as instruções de Heynckes.

Bayern joga melhor e consegue a virada no placar

Se com menos de três minutos, o Sevilla assustou com uma chegada de Ben Yedder e interceptação providencial de Javi Martínez, o resto da etapa foi de domínio bávaro. Além da maior posse de bola, os alemães corrigiram a marcação e passaram a dominar o meio de campo, ganhando as sobras de bola e chegando com mais qualidade.

A substituição de Rafinha no lugar de Bernat ajudou bastante nessa mudança de postura do time em campo, tendo o lado esquerdo mais acionado, Ribéry teve mais espaço pra mostrar toda sua qualidade, dificultando bastante a partida de Navas.

Com domínio amplo da partida, a o gol da virada veio. Com assistência de Ribéry e outro desvio crucial em um jogador do Sevilla, nesse caso Escudero, Thiago pode, aos 68’, marcar o gol que colocava o Bayern à frente no placar.

Percebendo a vantagem, o Bayern cedeu a bola para o time espanhol e aguardou as chances de contra-ataque. James Rodíguez e Lewandowsi ainda tiveram chances de gols, mas o goleiro Soria acabou sendo providencial. A pressão dos adversários, nos minutos finais, não foi suficiente pra ameaçar o Gigante da Baviera, que leva pra casa um bom resultado.

Pela Champions League, o Bayern receberá o Sevilla na próxima quarta (11), na Allianz Arena. Antes disso, o time de Munique visitará o Augsburg, no sábado (7), pela 29ª rodada do Campeonato Alemão, devendo conquistar seu sexto título consecutivo da Bundesliga nesta oportunidade.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, Sevilla

FC Bayern: Ulreich; Boateng; Hummels; Javi Martinez; Kimmich; Thiago Alcântara; Ribéry (Robben – 79’); Vidal (James Rodríguez – 36’); Müller; Bernat (Rafinha – 46’); Lewandowski; Técnico: Jupp Heynckes.

Sevilla FC: Soria; Kjaer; Lenglet; Ben Yedder (Muriel – 80’); Correa (Ramírez – 79’); Pizarro; N’Zonzi; Jesús Navas; Sarabia; Escudero; Vázquez; Técnico: Vincenzo Montella.

Gols: Sarabia (31’); Navas (37’); Thiago (69’);

Cartões: Ribéry (13’ – Amarelo); Corea (15’ – Amarelo); Bernat (34’ – Amarelo); Müller (85’ – Amarelo); Pizarro (91’ – Amarelo);

TAGS: Ribéry Thiago Alcântara Champions league Bayern de Munique Sevilla

PRÓXIMOS JOGOS

  • Copa da Alemanha
    Bayern München
    Frankfurt
    19 de Maio
    15h00
    Olympiastadion Berlin
    Berlim

BUNDESLIGA 2017/18

Classificação Pontos
1 Bayern München 75
2 Schalke 04 55
3 Bayer Leverkusen 51
4 Borussia Dortmund 51
TABELA COMPLETA

VÍDEOS

ELENCO

Thomas Müller

Thomas Müller

  • Posição: Atacante
  • Número: 25
  • No Bayern desde: Julho/2000
CONHEÇA O ELENCO

FACEBOOK