Bayern dá um show e atropela Beşiktaş

Como dizem: “A máquina está ligada!”. Bayern faz 5x0 e consegue uma vantagem incrível no primeiro jogo das oitavas da Champions

(Foto: Divulgação/@FCBayern)

Após a classificação pela fase de grupos na segunda posição, o Bayern de Munique recebeu o Beşiktaş na Allianz Arena, em Munique, para o primeiro confronto das oitavas de final da Champions League. O time turco terá a vantagem de “decidir” a vaga em casa, embora o resultado seja muito difícil de reverter.

Tendo enfrentado o Wolfsburg com um time misto pela última rodada da Bundesliga, o time bávaro encarou o adversário com uma formação ofensiva e talvez a mais próxima de um time titular. Contando com ótimas exibições de Thomas Müller e Coman, além de Lewandowski mostrando porque é um dos maiores centroavantes do momento, e Matt Hummels porque é um dos maiores zagueiros, Jupp Heynckes viu seu time golear a equipe adversária.

 

Domínio Bávaro: muitas oportunidades, mas apenas um gol

Como um bom jogo da Liga dos Campeões, ambas as equipes iniciaram na ofensiva, com marcação alta e transição defesa-ataque. O time turco, nesse início, apresentou maior posse de bola e oportunidades, mas era o Bayern que estava com fome de gols: prova disso é que a primeira finalização do jogo foi uma cabeçada de Müller.

Aos 10’, o time bávaro iniciou o domínio do jogo que se estenderia até o final da etapa. Pode-se dizer que o “rolo compressor” estava mais ativo que nunca, ainda que isso não refletisse no placar. A primeira oportunidade veio num cruzamento de James para finalização de Lewandowski e defesa de Fabri, goleiro do Beşiktaş; Kimmich ainda teve oportunidade de finalizar, mas foi travado pela defesa.

Um dos lances cruciais do jogo foi aos 16’, Hutchinson bobeou na defesa e Lewandowski tomou a bola, partindo para avançar livre contra o gol. Ao cometer uma falta dura contra o atacante polonês, visando o fim da jogada, o zagueiro Vida recebeu cartão vermelho e, consequentemente, foi expulso da partida.

A hegemonia do time bávaro, durante a partida, seria então ainda maior do que antes: a partida ficou resumida em ataques do Bayern e defesa do Beşiktaş. Aos 22’, Müller teve um bom chute travado por Medel, após um lançamento de Hummels e intervenção de Kimmich. Aos 29’, outra chance oportunidade, agora nos pés de Alaba, que avançou com velocidade pela área adversária até ser interceptado; logo após, foi a vez de Hummels cabecear bem a bola e obrigar Fabri a fazer uma defesa incrível. Coman e Lewandowski ainda tiveram boas oportunidades, mas foi nos pés de Müller que o gol veio.

Aos 43’, Müllered! Numa jogada cheia de dribles e velocidade, Coman mandou a bola pra área que desviou em Alaba e ficou servida para que o atacante alemão empurrasse pro fundo do gol. Estava aberta a contagem.

(Foto: Divulgação/@FCBayern)

Goleada: o rolo compressor faz outra vítima

O Gigante da Baviera voltou ainda mais técnico e vertical. Com apenas cinco minutos da etapa complementar, Lewandowski já mandou uma bola na trave numa cobrança de falta. Aos 53’, o segundo gol: a troca de passes entre Müller e Lewandowski pelo lado direito gerou o espaço necessário para que Coman avançasse como centroavante e mandasse pro fundo da rede.

O jogo estava encaminhado. Ao Bayern caberia aproveitar o bom momento e ampliar a vantagem, ao Beşiktaş, apenas se segurar na defesa e evitar a goleada. Aos 20’, Müller faz seu segundo gol e o terceiro da equipe, aproveitando o cruzamento preciso de Kimmich.

E, claro, se tem goleada, Robert Lewandowski, artilheiro do Bayern de Munique na temporada, tem que marcar os deles. O atacante polonês fez dois gols: o primeiro aos 34’, Hummels dispara uma bomba de fora da área, obrigando o goleiro a espalmar a bola e oferecendo o rebote para que Lewa fizesse seu gol.

Além do placar expressivo, o que mais encantava ao torcedor do Bayern era o “jogo bonito”, com triangulações e muita troca de passes. Em um lance, por exemplo, a bola saiu da defesa com Müller, e seguiu seu trajeto com Robben, Ribery, Tolisso e Javi Martinez, que mandou uma bomba para o gol e conseguiu escanteio.

Aos 43’, o quinto gol do Bayern: Müller cruza para a área e Lewandowski faz seu segundo. Com um placar expressivo e uma vantagem que, praticamente, garante a vaga, o Bayern encerra a partida com a sensação de dever cumprido.

(Foto: Divulgação/@FCBayern)

Pela Champions League, o Bayern jogará no dia 14 de Março, quarta-feira, em Istambul, pela segunda partida das oitavas de final. Antes disso, o time de Munique possui compromissos importantes na Bundesliga, onde lidera com uma margem de 19 pontos para o segundo colocado: neste sábado (24), receberá o Hertha Berlin pela 24ª rodada do Campeonato Alemão.

 

FICHA TÉCNICA

Local: Allianz Arena, Munique

FC Bayern: Ulreich; Boateng; Hummels; Javi Martinez; Kimmich; James Rodríguez (Robben – 44’); Coman (Ribéry – 81’); Vidal (Tolisso – 83’); Müller; Alaba; Lewandowski; Técnico: Jupp Heynckes.

Beşiktaş: Fabri; Adriano; Pepe; Ricardo Quaresma; Ryan Babel; Gary Medel (Arslan – 85’); Atiba Hutchinson; Domagoj Vida; Vágner Love (Tosic – 57’); Caner Erkin (Gönül – 69’); Anderson Talisca; Técnico: Şenol Güneş.

Gols: Müller (43’); Coman (53’); Müller (66’); Lewandowski (79’); Lewandowski (88’);

Cartões: Vida (16’ – Vermelho); Quaresma (33’ – Amarelo); Lewandowski (37’ – Amarelo); Pepe (62’ – Amarelo); Tosic (93’ – Amarelo);

TAGS: Müller Lewandowski Champions league Coman Liga dos Campeões Bayern de Munique Besiktas

PRÓXIMOS JOGOS

  • Copa da Alemanha
    Bayern München
    Frankfurt
    19 de Maio
    15h00
    Olympiastadion Berlin
    Berlim

BUNDESLIGA 2017/18

Classificação Pontos
1 Bayern München 75
2 Schalke 04 55
3 Bayer Leverkusen 51
4 Borussia Dortmund 51
TABELA COMPLETA

VÍDEOS

ELENCO

Thomas Müller

Thomas Müller

  • Posição: Atacante
  • Número: 25
  • No Bayern desde: Julho/2000
CONHEÇA O ELENCO

FACEBOOK