Em jogo intenso, Bayern empata e garante vaga na semifinal da Champions

Nesta quarta, o Bayern München se garantiu na semifinal da Champions. Os bávaros empataram sem gols com o Sevilla, e asseguraram a vaga. O jogo prometia muito mais do que foi apresentado. Uma partida intensa, mas que terminou sem gols e acabou, de certa forma, frustrando os amantes do futebol.

Para os espanhois, valia muito mais do que a classificação, mas também algo histórico para o Sevilla. A equipe andaluz poderia se classificar pela primeira vez para uma semifinal. Para os alemães, a honra de se reerguer durante a temporada e seguir vivo no sonho da tríplice coroa alemã.

Mas o que foi apresentado foi um jogo mais pegado, com alguns lances e sequências muito boas, mas que eram apenas lampejos de um bom jogo, que voltava a ser truncado.

O empate sem gols na Allianz Arena foi merecido pela falta de ambição e técnica mostrada nesses 90 minutos.

Com o placar agregado em 2 a 1, o Bayern de Munique se classifica para as semifinais da Champions League, que terá o sorteio das chaves na próxima sexta-feira pela manhã.

Rafinha foi um dos destaques bávaros na partida (Foto/Divulgação: FC Bayern)

 

Pressão dos dois lados

Jogando em casa e com o apoio da torcida, o Bayern começou ligado e procurou bastante a jogada ofensiva, tendo chances com James, em cobrança de falta, uma bomba de Robben de fora da área e uma cabeçada perigosa do Lewandowski. Tudo isso com menos de 10 minutos corridos de jogo.

Depois de passar esse sufoco, o Sevilla pareceu perceber que estava com a desvantagem no placar agregado e começou a equilibrar a partida criando alguns lances com Ben Yedder e um chute para fora com Sarabia.

Passadas essas duas blitz iniciais, o jogo começou a ficar truncado, com bastante divididas e foco nos erros de passes, deixando a criação um pouco de lado.

Aproveitando uma falha de marcação de Kimmich, Escudero recebe sozinho e de carrinho finaliza perto da meta do Ulreich.

Tentando mudar um pouco do ritmo da partida no momento, Hummels aparece em um rebote de escanteio e manda uma bomba bem pertinho do ângulo do gol espanhol.

Nos últimos 10 minutos do primeiro tempo, o jogo voltou a esquentar para o Bayern de Munique. Primeiro com Robben, cortando para o meio mas perdendo o tempo da bola e tendo que passar para Ribéry, que chutou para uma bela defesa do Soria.

Depois o Robben teve mais uma chance e finalizou para cima do gol. E em seguida Robben serve Ribéry dentro da pequena área, mas é cortado na hora exata por Navas, salvando o gol. O holandês estava a todo vapor!

Tranquilidade bávara

Repetindo o começo da etapa anterior, o começo é bem agitado pelos dois lados.

Os espanhóis conseguem uma ótima jogada com Ben Yedder, que é travado providencialmente pelo Rafinha. Em seguida, aconteceu uma ´serie de lançamentos bávaros na área do Sevilla, com grandes chances em uma cabeçada de Lewandowski e numa bomba do Ribéry.

Depois de receber um sufoco bávaro, o Sevilla voltou a acordar para o jogo pois ainda precisava do resultado.

Num lançamento para a área, Correa cabeceia no travessão levando grande perigo. No lance seguinte, Banega chega livre de marcação e arrisca de fora da área, com a bola passando bem perto da meta alemã.

Apesar disso, o time espanhol aparece no campo de ataque com pouca frequência, sendo pressionado constantemente pelo Bayern de Munique, que aposta nas jogadas aéreas com Robben e Ribéry.

Nos minutos finais do jogo, o Sevilla carecia de técnica dentro de campo e começou a apelar para faltas mais perigosas, com algumas entradas contra o Wagner e o Martinez, essa que rendeu um cartão vermelho para o Correa e um cartão amarelo por reclamação para o Wagner.

Sem ser eficiente no ataque e com uma defesa sólida, facilmente o destaque do jogo vai para Rafinha, que foi monstruoso nos desarmes e garantiu, em partes, o empate hoje em Munique.

FICHA TÉCNICA

FC Bayern: Ulreich; Kimmich; Boateng; Hummels; Rafinha (86’ – Süle); Martinez; Robben; James; Müller; Ribéry (69’ – Thiago); Lewandowski (76’ – Wagner)

Técnico: Jupp Heynckes

Sevilla: Soria; Navas; Mercado; Lenglet; Escudero; Banega; N’Zonzi; Sarabia (69’ – Ramirez); Franco (80’ – Nolito); Correa; Ben Yedder (64’ – Muriel)

Técnico: Vincenzo Montella

Gols: sem gols

Cartões: Mercado (02’ – Amarelo), N’Zonzi (10’ – Amarelo), Banega (81’ – Amarelo), Correa (90+2’ – Vermelho), Wagner (90+2’ – Amarelo)

TAGS: Rafinha Champions league Bayern de Munique Sevilla Quartas de final

PRÓXIMOS JOGOS

  • Copa da Alemanha
    Bayern München
    Frankfurt
    19 de Maio
    15h00
    Olympiastadion Berlin
    Berlim

BUNDESLIGA 2017/18

Classificação Pontos
1 Bayern München 75
2 Schalke 04 55
3 Bayer Leverkusen 51
4 Borussia Dortmund 51
TABELA COMPLETA

VÍDEOS

ELENCO

Renato Sanches

Renato Sanches

  • Posição: Meia
  • Número: 35
  • No Bayern desde: Julho/2016
CONHEÇA O ELENCO

FACEBOOK