Bayern de Munique se despede da Champions League 2013/14 sendo goleado pelo Real Madrid

Não deu para o Bayern de Munique. O placar de 1 a 0 de quarta-feira (23/04) a favor do Real Madrid deixava a classificação ainda indefinida. A torcida acreditou – e apoiou. Mas a esperança se transformava em lágrimas a cada gol do Real. E foram quatro gols. Cinco, no agregado. O sonho acabou.

Os homens de branco conquistaram a vitória por 4 a 0 na Allianz Arena. Metade do Sérgio Ramos, metade do Cristiano Ronaldo, nessa ordem. Os espanhóis comemoraram muito – e com razão. Eles estão na final, eles vão para Lisboa. O Bayern, não.

O jogo começou equilibrado. Com paciência, o Bayern buscava seus espaços e encontrava dificuldades – como já era esperado. As duas equipes chegavam com perigo, mas por causa da atuação dos defensores, ninguém conseguia balançar as redes.

Para a surpresa da torcida rot-weiss, os merengues se deram bem e abriram o placar aos 15 minutos. Modric cruzou e Sérgio Ramos cabeceou para aumentar a vantagem que o Real Madrid já trazia na bagagem.

O clima esquentou. A torcida ficou ainda mais apreensiva quando, quatro minutos depois, Neuer buscava a bola no fundo das redes novamente. Di Maria foi o responsável por cobrar falta na área, Pepe desviou e Sérgio Ramos, mais uma vez, mandou pro gol.

O Bayern sentiu os dois gols e, de forma desesperada, buscava mudar a situação. Mas não obteve muito sucesso. Aos 24 minutos, Ribery mandou a bola pra fora, na primeira finalização da equipe de Munique.

Aos 34 minutos, outro gol do Real. Em contra-ataque, a redonda passou por Benzema e Bale, sobrando para Cristiano Ronaldo, livre, marcar o terceiro.

O time da casa não desistiu e continuou tentando, ao menos, marcar o gol de honra. Mas o Real estava muito bem – principalmente com o defensor Pepe, que bloqueava boa parte das jogadas alemãs.  Os homens de Guardiola precisavam marcar cinco gols e era esse o número de finalizações do time durante os 45 minutos iniciais e dois de acréscimos.

Como já era de se esperar, Real Madrid apenas administrou o resultado na etapa complementar. O Bayern dava trabalho em jogadas pela direita e levantamentos para a área, mas a zaga afastava tudo.

Robben tentou aos 56 minutos, e a bola foi para fora. Quatro minutos depois, Ribéry finalizou e Casillas fez umas das suas poucas defesas na partida. Neuer defendeu quando Coentrão mandou pro gol aos 62 minutos. Götze e Kroos levaram perigo, mas a bola não entrou. A torcida não parava. O tempo também não.

Aos 89 minutos, falta pertinho da área para o Real Madrid cobrar. Cristiano Ronaldo bateu rasteiro no canto do gol. Neuer nem se moveu. Era o quarto gol. O último do jogo.

Bayern de Munique: Neuer - Lahm, Boateng, Dante e Alaba - Schweinsteiger, Kroos, Robben, Müller (Pizarro, 72’) e Ribéry (Götze, 72’) – Mandzukic (Javi Martínez, intervalo). Técnico: Pep Guardiola

Real Madrid: Casillas - Carvajal, Pepe, Sergio Ramos (Varane, 75’) e Coentrão- Xabi Alonso, Modric e Di María (Casemiro, 84’) - Bale, Cristiano Ronaldo e Benzema (Isco, 80’). Técnico: Carlo Ancelotti

Gols: 0-1 16’ Sergio Ramos. 0-2 20’ Sergio Ramos. 0-3 34’ Cristiano Ronaldo. 0-4 89’ Cristiano Ronaldo.

Árbitro: Pedro Proença (PRT)

Cartões amarelos: Dante (Bayern de Munique); Xabi Alonso (Real Madrid)

TAGS: UCL Real Madrid

PRÓXIMOS JOGOS

  • Bundesliga
    Bayern München
    Köln
    13 de Dezembro
    17h30
    Allianz Arena
    Munique
  • Bundesliga
    Stuttgart
    Bayern München
    16 de Dezembro
    12h30
    Mercedes-Benz Arena
    Stuttgart
  • Copa da Alemanha
    Bayern München
    Borussia Dortmund
    20 de Dezembro
    17h45
    Allianz Arena
    Munique

BUNDESLIGA 2016/17

Classificação Pontos
1 Bayern München 32
2 RB Leipzig 26
3 Schalke 04 25
4 Mönchengladbach 24
TABELA COMPLETA

VÍDEOS

FRAUEN BUNDESLIGA 2016/17

Classificação Pontos
1 Wolfsburg 53
2 Bayern München 49
3 Turbine Potsdam 47
4 Freiburg 44
TABELA COMPLETA

ELENCO

Xabi Alonso

Xabi Alonso

  • Posição: Volante
  • Número: 3
  • No Bayern desde: Agosto/2014
CONHEÇA O ELENCO

FACEBOOK