Com hat-trick de Lewandowski, Bayern goleia Hamburgo (de novo) na Bundesliga

O FC Bayern recebeu na Allianz Arena, neste sábado (25) o Hamburgo pela vigésima segunda rodada da Bundesliga. Os bávaros vinham de uma sequência de vitórias nos seus últimos sete jogos em casa contra o HSV, além de estarem invictos há 16 partidas nesse confronto. E a história se repetiu, mais uma vez com requintes de crueldade. O massacre de 8-0 foi mais um capítulo de uma sequência de goleadas impostas pela equipe bávara contra o tradicional rival (inclusive repetindo o placar da partida de fevereiro de 2015).

O técnico Carlo Ancelotti completou neste sábado seu milésimo jogo como treinador. Com 57 anos, ele venceu 590 de seus 999 jogos (antes da partida contra o Hamburgo). Na entrevista da véspera da partida, ele se mostrou animado com o futuro da equipe na temporada. "Cada jogo pode ser decisivo para o resultado no final da temporada, mas eu tenho uma boa sensação sobre os próximos 90 dias. Eu tenho muita confiança na minha equipe, todo mundo está motivado, focado e em boas condições", disse o italiano.

Ancelotti escalou a equipe de forma mais ofensiva, com uma mudança significativa. Xabi Alonso sentiu um pequeno problema físico e ficou de fora. Em seu lugar foi escalado Thomas Muller, para atuar mais próximo de Robert Lewandowski. Com isso Arturo Vidal e Thiago Alcântara iniciaram a partida como os volantes centrais para iniciarem as jogadas. O time também contou com a volta de Franck Ribéry para o banco de reservas depois de muito tempo machucado. Com isso apenas Jérôme Boateng ainda continua de fora de forma prolongada por causa de lesão.

Sem novidades. Lewandowski deu show e Bayern conquistou mais uma goleada para a coleção. (Divulgação/Bundesliga)

O primeiro lance de perigo do Bayern se deu aos seis minutos. Douglas Costa, após combinação com Alaba, cruzou na área. A bola foi bem lançada, mas Muller chegou um pouco atrasado e a bola passou sem tocar em ninguém.

O Hamburgo se posicionou com nove jogadores atrás da linha da bola, esperando o ataque bávaro, e procurava sair em contra-ataque em velocidade, com Holtby comandando o meio campo. Aos 13 minutos, em um rebote de um escanteio, Douglas Santos bateu forte de pé esquerdo, e a bola passou à esquerda do gol de Neuer.

Até os 16 minutos da partida, o Hamburgo já havia finalizado duas vezes contra nenhuma. Porém na primeira finalização bávara, o gol saiu. Após jogada de Alaba pela esquerda, o lateral derivou para o meio e tocou para Muller que, de costas para o gol, ajeitou para Vidal bater forte de direita. Adler ainda tentou a defesa, mas ela entrou no cantinho esquerdo.

No minuto seguinte, novamente Alaba criou a situação pela esquerda e cruzou na área. Ela passou de Robben e ficou com Lewandowski que ajeitou e bateu forte de pé esquerdo. Porém Adler fechou o ângulo da finalização e ao bater nele explodiu no travessão.

Aos 24 minutos a pressão que o Bayern continuou a imprimir após o primeiro gol deu resultado. Após cruzamento de Lahm, Muller sofreu carrinho de Mavraj na área e o juíz marcou pênalti. Na cobrança Lewandowski deslocou o goleiro com categoria e marcou seu décimo sétimo gol na atual Bundesliga e se tornou artilheiro da competição junto com Anthony Modeste do Colônia.

Já aos 28 minutos, após cruzamento na direita de Robben, Lewandowski subiu sozinho, mas cabeceou sem direção e a bola subiu. No minuto seguinte, após levantamento de Alaba, Robben pegou de primeira, mas a bola saiu mascada no chão. Mesmo assim Adler teve de mandar para escanteio.

Aos 32 minutos, após jogada individual de Douglas Costa, Lewandowski, mais uma vez com liberdade na área, cabeceçou para fora, perdendo a chance de ampliar.

Os cruzamentos foram uma constante do Bayern na primeira etapa, com 11 até o final do tempo. E de um cruzamento para trás saiu o terceiro gol aos 41 minutos. Após bola aprofundada de Robben pela direita, Muller conseguiu chegar ao fundo e passar para trás. Douglas Costa chegou com mais velocidade que a zaga adversária e bateu para gol. Adler defendeu, mas no rebote Lewandowski conseguiu dominar e bateu forte no alto para marcar e chegar ao décimo oitavo gol na temporada. Gol de artilheiro!

E assim sendo o juíz nem deu descontos no fim da primeira etapa. Após os 15 minutos de partida, foi um passeio bávaro, que poderia ter feito muito mais gols. O Hamburgo ficou com aquelas duas finalizações iniciais. Já o Bayern conseguiu 11 no total, sendo nove em direção ao gol adversário.

Lewan saiu no segundo tempo, mas o placar não parou. (Divulgação/FC Bayern)

O Bayern não teve alterações para o começo da segunda etapa. E surpreendentemente a primeira chance de gol foi do Hamburgo. Aos quatro minutos, em cobrança de falta na entrada da área, Gregoritsch bateu colocado no canto esquerdo, mas Neuer fez bela ponte e defendeu sem rebote.

Mas logo aos seis minutos o Bayern novamente pressionou. Após belo passe de Douglas Costa, Robben fez “aquela jogada”. Pela direita, cortou para o meio driblando Mavraj e batendo pro gol, mas Adler fez boa defesa e mandou para escanteio.

Porém aos oito minutos não teve jeito. Após bola mal cortada pela defesa do Hamburgo, Robben deu um genial passe de calcanhar e a bola ficou para Lewandowski, pegar de primeira, colocado, no canto esquerdo do gol. Terceiro de Lewa no jogo, décimo nono no campeonato.

Já aos 11, a goleada ficou ainda mais completa. Lewandowski saiu da área e serviu Muller, que tocou para Alaba, livre e sem goleiro, completar para as redes.

Após o quinto gol, Ancelotti começou a poupar um pouco o time titular. No minuto seguinte, Renato Sanches entrou no lugar de Lewandowski, que saiu ovacionado pelo público na Allianz Arena. Já aos 15, Coman entrou na vaga de Thiago Alcântara. O jovem Sanches entrou para ficar mais na marcação junto de Vidal. Coman entrou no lado esquerdo, com Douglas Costa mais pelo meio, liberado para circular pelo ataque, e Muller ficou mais dentro da área.

E o mais incrível é que a substituição deu certo logo de cara! Aos 20 minutos, após lançamento de Hummels, Djourou falhou bisonhamente e a bola ficou com Coman pela esquerda bater cruzado, sem chances para Adler.

Já aos 22, Rafinha entrou na lateral direita no lugar de Lahm, para que o capitão saísse aplaudido por todo estádio. Mas isso não quis dizer que o Bayern tirou o pé. Aos 24, após outra falha da zaga, a bola sobrou para Coman, que bateu da entrada da área e fez o incrível sétimo gol!

Após o 7x0, o Bayern reduziu um pouco o ritmo e a partida ficou mais controlada. Porém, foi só forçar um pouco mais para o oitavo sair. Aos 41, após combinação com Douglas Costa, Robben fez “aquele drible”, novamente em cima de Mavraj e dessa vez concluiu com sucesso no canto direito de Adler para ampliar o passeio.

A superioridade bávara se deu mais uma vez no número de passes trocados. Ainda que em outras partidas o time tenha trocado mais a bola, novamente o estilo da equipe se sobrepôs com 653 passes completos (contra 183 do adversário). A posse de bola de 67% no fim da partida é mais uma prova dessa supremacia, além das 18 finalização (15 no alvo).

A partida (ou atropelamento) acabou sem os tradicionais descontos do árbitro, mas que dessa vez eram completamente desnecessários. Com este resultado, o Bayern se manteve na liderança com 53 pontos, 5 a mais do que o RB Leipzig. A próxima partida bávara será na próxima quarta, pela DFB Pokal, contra o Schalke 04, novamente na Allianz Arena.

Ficha técnica

FC Bayern: Neuer; Hummels, Martinez, Thiago (60' Coman), Lahm (67' Rafinha), Alaba, Robben, Costa, Vidal, Müller, Lewandowski (57' Sanches)
Banco: Ulreich , Ribéry, Bernat , Kimmich,

Hamburger SV: Adler - Sakai, Djourou, Mavraj, Douglas Santos - Walace, Jung - Nicolai Müller (62' Hunt), Holtby, Kostic (72' Waldschmidt) - Gregoritsch (60' Ekdal)
Banco: Mickel, Ostrzolek, Diekmeier, Wood.

Gols: 17' 1-0 Vidal, 24' 2-0 Lewandowski, 42' 3-0 Lewandowski, 54' 4-0 Lewandowski, 56' 5-0 Alaba, 67' 6-0 Coman, 69' 7-0 Coman, 87' 8-0 Robben

Cartão amarelo: - / Douglas Santos

TAGS: Robben Alaba Hamburg Lewandowski Hamburger SV Vidal Coman

BUNDESLIGA 2016/17

Classificação Pontos
TABELA COMPLETA

ARTILHEIROS

Jogador Gols
gols
gols
gols
gols

Títulos

Bayern München 24 títulos
Borussia Dortmund 5 títulos
Mönchengladbach 5 títulos
Hamburger 3 títulos
Stuttgart 3 títulos
VER TODOS OS CAMPEÕES

VÍDEOS

ELENCO

Carina Wenninger

Carina Wenninger

  • Posição: Zagueira
  • Número: 19
  • No Bayern desde: Julho/2007
CONHEÇA O ELENCO

FACEBOOK