Bayern vence Ingolstadt no finalzinho e amplia vantagem na liderança

O FC Bayern viajou até Ingolstadt para manter a liderança e enfrentar o time da casa pela Bundesliga neste sábado. E até que demorou a abrir o placar. Mas o 2x0 final foi mais do que suficiente para que o time bávaro se consolidasse como líder da competição.

Com exceção de Jérôme Boateng e Franck Ribéry, ainda contundidos, o técnico Carlo Ancelotti colocou em campo um time sem poupar muitos jogadores, mesmo tendo o jogo contra o Arsenal pela UEFA Champions League já na próxima quarta-feira. “Não pensamos no Arsenal. Temos uma boa posição na tabela de classificação e queremos ganhar em Ingolstadt. Se todos os jogadores estiverem bem, jogaremos com o melhor onze possível”, disse antes da partida o italiano.

Mas talvez sua outra frase antes do jogo explique a escalação definida para essa partida: ‘Espero um jogo mais direto, com uma finalização mais direta”. Surpreendentemente o treinador não colocou os já tradicionais jogadores pelas pontas no onze inicial. Thiago Alcântara voltou ao time titular, se aproximando de Muller e Lewandowski na frente.

Foto: Divulgação/FC Bayern

O jogo começou mais lento, como era esperado, devido à característica da equipe do Bayern colocada em campo. Kimmich jogando pelo meio ao lado direito e Thiago pelo lado esquerdo, obviamente com características bem diferentes dos pontas normalmente escalados, davam o tom de maior posse de bola, mas com pouca contundência no ataque.

O primeiro lance com um pouco mais de perigo só se deu aos 16 minutos. Depois de um cruzamento desviado de Lahm, a bola sobrou para Muller que cruzou para Lewandowski, que não pegou bem de cabeça e a bola saiu à direita do gol adversário.

Aos 19 minutos finalmente um grande lance. Xabi Alonso fez um grande lançamento ainda do campo de defesa e encontrou Lewandowski livre. O atacante tocou a bola por cima do goleiro, mas Matip salvou quase em cima da linha, jogando a bola para escanteio.

Para variar, a posse de bola do time bávaro continuou elevada, mantendo a média de 64% no campeonato (deu 250 passes no primeiro tempo contra 85 do adversário!). Mas o time pouco criava, também uma constante na competição. Aos 35 finalmente houve uma finalização perigosa. Depois de boa jogada de Kimmich pelo meio, a bola sobrou para Lahm, que ajeitou para Thiago Alcântara que bateu colocado, mas pra fora.

Aos 38 minutos, a única chance de perigo dos donos da casa. Após cruzamento em cobrança de falta, Matip subiu mais que a zaga bávara e cabeceou com perigo, por cima do gol de Neuer.

Logo na sequência, após jogada pelo meio. Thiago bateu colocado novamente da entrada da área, mas dessa vez no rumo do gol, porém para fácil defesa de Hansen.

O Bayern até que finalizou 8 vezes na primeira etapa, mas na realidade, nenhuma com real perigo para o goleiro adversário. E o primeiro tempo terminou assim, sem maiores emoções.

Foto: Divulgação/FC Bayern

A equipe voltou sem alterações para a segunda etapa. Mas diferentemente da primeira etapa logo no primeiro minuto o time teve uma chance clara de gol. Lewandowski saiu um pouco da área e, caindo pela direita, lançou para Muller pelo centro do ataque. Ele ganhou de Matip com um drible de corpo e chutou a gol. O goleiro desviou e a bola ia entrando, mas Hadergjonaj salvou perto da linha (a segunda vez no jogo!).

Aos nove minutos o Ingolstadt assustou. Após cruzamento pela direita e desvio dentro da área, a bola sobrou para Leckie, em posição duvidosa não marcada pelo bandeira, que bateu de virada por cima do gol de Neuer.

Aos 19 minutos Ancelotti fez algo que tem sido raro nos últimos jogos: uma substituição ousada. Tirou Xabi Alonso e colocou Douglas Costa, numa busca pelo gol que daria a vantagem no placar. Recuou Thiago Alcântara para o meio junto com Vidal e colocou brasileiro pelo lado esquerdo.

Já aos 23 minutos Lewandowski, após um cruzamento na área, foi claramente empurrado pela zaga adversária, em um pênalti não marcado pelo árbitro.

Ancelotti fez a segunda alteração aos 28 minutos, tirando Kimmich e promovendo a entrada de Robben. Fica claro que, além de ter tentado preservar seus extremos para compromissos futuros, a estratégia e mudança de esquema tático para essa partida não deu tão certo.

Aos 31 minutos, Robben cobrou uma falta pela direita e levantou na área. Muller, de costas para o gol, cabeceou e a bola passou por cima do gol adversário.

A terceira substituição do Bayern foi mais convencional com Rafinha entrando no lugar de Lahm aos 35 minutos.

Já aos 37 minutos, em jogada individual pelo meio, Lewandowski avançou livre e mandou uma bomba de pé direito. Caprichosamente ela bateu na junção da trave e do travessão!

No final da partida a pressão bávara aumentou, cercando mais a área adversária. E na pressão saiu o gol aos 45 minutos. Vidal chegou na entrada da área e tocou para direita. Após combinação com Rafinha, Muller cruzou para Vidal dentro da área que só completou para o gol.

E ainda deu tempo para sair outro gol nos descontos, um minuto depois. Robben partiu pela direita e tabelou com Douglas Costa entrando na área. O holandês se livrou de dois zagueiros e bateu de perna esquerda, completando o placar.

Com essa vitória suada, o Bayern foi para os 49 pontos, sete a mais que o RB Leipzig, se fortalecendo na liderança da competição, abrindo sete pontos para o segundo colocado.

Ficha técnica

FC Ingolstadt: Hansen - Brégerie, Matip, Tisserand - Hadergjonaj, Cohen, Morales, Suttner - Lezcano (73' Hinterseer), Groß (79' Lex), Leckie (89' Jung)
Reservas: Nyland, Bernardo, Leipertz, Levels

FC Bayern: Neuer - Lahm (79' Rafinha), Martínez, Hummels, Alaba - Kimmich (73' Robben), Xabi Alonso (64' Douglas Costa), Vidal - Müller, Thiago - Lewandowski
Reservas: Ulreich - Bernat, Coman, Sanches

Gols: 0-1 90' Vidal, 0-2 90+1' Robben

Cartão amarelo: Brégerie, Groß / Lewandowski

TAGS: Robben Vidal Ingolstadt

BUNDESLIGA 2016/17

Classificação Pontos
TABELA COMPLETA

ARTILHEIROS

Jogador Gols
gols
gols
gols
gols

Títulos

Bayern München 24 títulos
Borussia Dortmund 5 títulos
Mönchengladbach 5 títulos
Hamburger 3 títulos
Stuttgart 3 títulos
VER TODOS OS CAMPEÕES

VÍDEOS

ELENCO

Joshua Kimmich

Joshua Kimmich

  • Posição: Volante
  • Número: 32
  • No Bayern desde: Julho/2015
CONHEÇA O ELENCO

FACEBOOK