Bayern pressiona, mas empata em casa contra o Mainz pela Bundesliga

O FC Bayern voltou a campo na Allianz Arena para enfrentar o Mainz 05 pela trigésima rodada da Bundesliga. Depois de um primeiro tempo em que o time visitante terminou na frente, o Gigante da Baviera igualou o placar na segunda etapa e pressionou bastante, mas não conseguiu sair do empate de 2x2 no fim da partida.

Após a eliminação da UEFA Champions League frente ao Real Madrid, o time bávaro não pôde contar com alguns jogadores. Manuel Neuer com uma fratura no pé esquerdo deve ficar fora por um tempo mais longo. Jérôme Boateng e Javi Martinez também ficaram fora do banco de reservas por precaução em relação à suas condições físicas. Além disso Philipp Lahm e Xabi Alonso, normalmente titulares, começaram o jogo de hoje no banco de reservas.

O técnico Carlo Ancelotti ressaltou antes da partida a oportunidade da equipe se recuperar da queda no torneio europeu e manter a liderança folgada na competição nacional. "Temos no sábado uma grande oportunidade para mostrar uma boa resposta", disse Ancelotti.

O Bayern começou a partida com Vidal e Thiago Alcântara como volantes e com Alaba na zaga, com Bernat na lateral esquerda. Porém logo aos dois minutos o time visitante saiu na frente. Depois de um cruzamento da direita, Ulreich cortou mal e a bola ficou com Rafinha na lateral direita; o lateral tentou sair jogando no meio com Vidal, mas o chileno perdeu a bola e ela ficou com Bojan, que entrou na área, se livrou de Thiago e bateu sem chances para o goleiro.

A equipe bávara sentiu um pouco o golpe do gol adversárioe nos primeiros 10 minutos não conseguiu impor seu estilo de jogo em campo, e não conseguiu criar nenhuma chance clara de gol. O Mainz, por sua vez, fez uma marcação elevada e conseguiu marcar bem a saída de bola do Bayern.

Apenas aos 12 minutos, após um cruzamento de Bernat pelo lado esquerdo, o Bayern conseguiu o primeiro escanteio, com o corte do zagueiro Hack pela linha de fundo.

Aos 14 minutos, no entanto, o Mainz quase fez o segundo gol. Após passe de Muto, Oztunali ganhou na velocidade de Bernat e bateu da entrada da área. Ulreich defendeu e a zaga afastou.

Mas aos 16 minutos a velha dupla Ribéry-Robben resolveu o problema desse início de jogo complicado. Ribéry armou a jogada pela esquerda, Robben entrou nas costas da zaga e recebeu na frente, batendo cruzado no canto esquerdo do goleiro.

Logo depois do gol, Ancelotti teve de fazer a primeira alteração, retirando Alaba, que se sentiu uma contusão, e colocando Kimmich, improvisado na zaga, atuando ao lado de Hummels.

Na sequência, em jogada pela direita novamente com Robben, Muller cruzou na área, mas a bola passou por todo mundo, sem que ninguém empurrasse para o gol. Depois do empate, o Bayern conseguiu controlar mais a partida e, com o controle da bola, sofreu menos sustos na defesa.

Aos 26 minutos, após jogada de Vidal pelo meio, ele achou Lewandowski no meio da defesa, que chutou prensado e a bola passou perto gol, indo para escanteio.

Já aos 32 minutos, após contra-ataque puxado por Robben (pra variar), a bola ficou com Muller (hoje capitão bávaro) no lado direito. Ele bateu cruzado, e a bola passou rente à trave direita de Huth.

Porém aos 39 minutos, em um ataque do Mainz, Muto recebeu na área e, ao cortar Kimmich, foi calçado por baixo e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança Brosinski bateu, Ulreich quase defendeu, mas a bola entrou no canto direito.

O Bayern encerrou o primeiro tempo sem conseguir pressionar o Mainz, ainda que tivesse mais a bola nos pés (66% a 34% e 297 passes completos contra 93). Porém em termos de tentativas claras de gol, o time visitante conseguiu equilibrar e, em alguns momentos até ser superior dentro da partida.

Na volta para a segunda etapa, Carlo Ancelotti mexeu novamente na equipe, com a entrada de Coman, na vaga de Ribéry, atuando pelo lado esquerdo do ataque.

Logo no começo do segundo tempo a equipe voltou pressionando. Com 2 minutos, duas chances criadas. Com a jogada iniciada por Robben, Vidal na entrada da área levantou a bola para que Thiago pegasse de primeira. Huth fez boa defesa e mandou para escanteio. Na cobrança rápida, a bola chegou até Robben pela direita, que bateu cruzado com a bola indo pra fora, com muito perigo.

Porém, o Bayern encontrou dificuldades para entrar na defesa do Mainz, mesmo tendo mais a posse de bola e tentando pressionar de forma mais efetiva. Com o recuo do adversário o jogo ficou em parte como sendo de ataque contra a defesa, mas sem que a equipe bávara conseguisse criar tantas chances claras de gol por um bom tempo.

Só aos 16 minutos, o Bayern conseguiu uma boa finalização, com Coman batendo de fora da área, para um difícil defesa de Huth, que mandou para escanteio.

Aos 20 minutos, Ancelotti fez a terceira alteração, com a entrada de Xabi Alonso no lugar de Vidal, em uma tentativa de ter a opção de chute de fora da área. Mas não dá para não notar que esta substituição mostra que Douglas Costa, que não saiu do banco de reservas da equipe, não tem hoje um prestígio tão elevado na equipe.

Aos 22, após cobrança de escanteio de Robben, Lewandowski subiu e cabeceou forte, mas com desvio na zaga, a bola passou com perigo contra o gol adversário.

Finalmente, aos 27 minutos, a fechada defesa do Mainz cedeu espaço pelo meio e, da entrada da área, Thiago, após receber de Robben, ajeitou e bateu rasteiro com o pé direito, para a bola ir no cantinho do gol de Huth, para empatar a partida.

Aos 30 minutos, após cruzamento de Robben pela esquerda, Lewandowski tentou dominar a bola, mas tomou uma solada de Hack. O árbitro, porém, nada marcou.

Já aos 37, com Muller caindo pelo lado esquerdo, a bola chegou até Robben na entrada da área, mas o chute forte forte passou por cima do gol de Huth.

Nos descontos, após mais uma cobrança de escanteio de Robben, Xabi Alonso cabeceou ganhando da zaga, e a bola passou raspando a trave direita do goleiro adversário. Na sequência, Robben partiu em jogada individual pela direita e cruzou na área, mas o goleiro Huth cortou, no último lance da partida.

No total, Bayern teve 14 escanteios a seu favor, contra 2 do Mainz. Teve 19 oportunidades de gol, contra 10 do adversário. A pressão no segundo tempo, porém, não foi suficiente para que o empate saísse do marcador final.

Com o empate o Bayern chega a 70 pontos na liderança da Bundesliga, 9 a mais que o RB Leipzig. O próximo jogo pelo campeonato nacional será no próximo sábado contra o Wolfsburg na casa do adversário. Antes disso, porém, a próxima partida será na quarta contra o Borussia Dortmund, na Allianz Arena, pela semifinal da DFB-Pokal.

Ficha técnica

FC Bayern: Ulreich - Rafinha, Hummels, Alaba (17' Kimmich), Bernat - Thiago, Vidal (65' Alonso) - Robben, Müller, Ribéry (46' Coman) - Lewandowski
Banco: Starke, Lahm, Sanches, Costa

1. FSV Mainz 05: Huth - Donati, Bell, Hack, Brosinski (52' Balogun) - Öztunali, Frei, Latza, Quaison (78' Ramalho) - Muto, Bojan (68' Onisiwo)
Banco: Lössl, De Blasis, Seydel, Serdar

Gols: 0:1 Bojan (3'), 1:1 Robben (16'), 1:2 Brosinski (40'), 2:2 Thiago (73)

Cartão amarelo: Rafinha / Onisiwo

TAGS: Bundesliga Robben Mainz 05 Thiago Alcântara

BUNDESLIGA 2016/17

Classificação Pontos
TABELA COMPLETA

ARTILHEIROS

Jogador Gols
gols
gols
gols
gols

Títulos

Bayern München 24 títulos
Borussia Dortmund 5 títulos
Mönchengladbach 5 títulos
Hamburger 3 títulos
Stuttgart 3 títulos
VER TODOS OS CAMPEÕES

VÍDEOS

ELENCO

Lena Lotzen

Lena Lotzen

  • Posição: Atacante
  • Número: 11
  • No Bayern desde: Julho/2010
CONHEÇA O ELENCO

FACEBOOK