Bayern joga mal e só empata com o Schalke na Bundesliga

O FC Bayern recebeu neste sábado (4), na Allianz Arena, o Schalke 04 pela segunda rodada do segundo turno da Bundesliga. O time azul não vence o Bayern fora de casa pelo campeonato alemão desde 2009 e o tabu se mantém. Mas o empate de 1x1 pode ser considerado uma pequena vitória para os Azul-Reais e uma frustração para o time bávaro.

Preocupado com o a falta de linearidade no desempenho do Bayern em algumas partidas, Carlo Ancelotti ressaltou antes da partida que a busca pelo equilíbrio seria a chave para um bom resultado nesse sábado. “A nossa continuidade no jogo precisa ser melhor. Essa é a chave", disse o treinador.

Em comparação com o jogo anterior, vitória fora de casa contra o Werder Bremen, Carlo Ancelotti trocou os laterais (Lahm e Alaba, por Rafinha e Bernat) e contou com a volta de Vidal ao meio campo no lugar de Kimmich. Ribéry, machucado, ficou de fora dessa vez, sendo substituído por Douglas Costa pelo lado esquerdo, no esquema 4-2-3-1.

Lewandowski abriu o placar logo no começo do jogo, com assistência de Vidal.

O jogo começou, como tem sido comum, com maior posse de bola por parte do time bávaro, que teve de enfrentar uma equipe com 3 jogadores na zaga (Howedes, Naldo e o ex-Bayern Badstuber, que está emprestado ao Schalke). Logo na primeira chegada com maior perigo ao gol adversário, aos 9 minutos, o Bayern já fez o primeiro gol. Robben começou a jogada pela direita e trouxe a bola para o meio. Ele tocou para Vidal que achou Lewandowski nas costas da zaga adversária. O artilheiro saiu na cara de Fahrmann e encobriu o goleiro adversário, abrindo o placar.

Mas o Schalke conseguiu logo o empate. Em um cobrança de falta pelo lado esquerdo de ataque aos 13 minutos, o zagueiro Naldo bateu forte e rasteiro, no canto direito de Neuer, marcando 1x1 no placar e mudando o panorama da partida.

O time bávaro sentiu o gol sofrido e quase sofre a virada ao 17 minutos. Goretska partiu livre no meio campo e tocou no lado esquerdo para Kolasinac, que bateu forte, mas Neuer fez grande defesa e mandou para escanteio.

Só aos 22 minutos o Bayern criou outra situação de perigo. Robben armou a jogada pela direita e lançou Bernat que apareceu pelo lado esquerdo, com o espaço aberto por Douglas Costa. O lateral espanhol ganhou da zaga e entrou na área, mas bateu em cima do goleiro.

Aos 30 minutos, eu uma virada de jogo para o lado esquerdo de ataque, Goretska recebeu nas costas de Rafinha dentro da área. Para sorte do Bayern o meia do Schalke pegou mal na bola e chutou pra fora.

O Bayern não conseguiu no primeiro tempo impor seu estilo de jogo, nem mesmo de posse de bola, ainda que a tivesse em maior parte do tempo (57% a 43%). Criou poucas chances de gol e sofreu em alguns momentos com os contra-ataques adversários. Depois do lance de Bernat, a equipe só conseguiu chutar a gol novamente com Douglas Costa, numa finalização de fora da área sem grande perigo aos 38 minutos.

Para piorar aos 39 minutos o Schalke acertou a trave de Neuer. Após mais uma jogada pela esquerda, a bola foi cruzada pra trás e Burgstaller chutou a bola no travessão. Um minuto depois, em outra chegada pelo meio da defesa, Goretska entrou na área, mas foi desarmado por Bernat na hora em que ia bater no gol.

Os dois sustos deram uma pequena acordada no Bayern. Aos 42 minutos Müller roubou a bola no meio-campo e tocou para Robben, que logo cruzou para Lewandowski na área. O artilheiro bateu colocado no ângulo esquerdo de Fahrmann mas a bola caprichosamente foi no travessão.

No fim da primeira etapa o Bayern deu seis chutes a gol contra quatro do Schalke, o que acaba ajudando a mostrar o equilíbrio em que foi disputada a partida.

A torcida bávara ainda comemorava o gol de Lewandowski quando Naldo deixou tudo igual na Allianz Arena.

Para o início do segundo tempo Ancelotti não mexeu na equipe. Basicamente Vidal foi adiantado para chegar mais próximo da área, na tentativa de pressionar mais a saída de bola adversária.

Aos 4 minutos a primeira chance. Douglas Costa fez jogada individual pela esquerda e cruzou na área. Fahrmann saiu nos pés de Lewandowski e impediu a finalização do polonês.
Porém o ritmo do jogo não mudou muito, com o Bayern sem finalizar tanto a gol e sem velocidade para vencer o bloqueio do Schalke. E inclusive o time azul conseguiu diminuir a porcentagem de posse de bola bávara. Também na segunda etapa os azuis conseguiram até mesmo superar o Bayern nos duelos por disputa de bola (53,4% para o Schalke contra 46,5% do Bayern), mostrando uma maior consistência defensiva.

Para se ter uma ideia de como o jogo foi morno, uma movimentação mais efetiva só aconteceu aos 25 minutos, com a primeira substituição bávara. Robben saiu para a entrada de Coman, uma troca bastante discutível, sendo que o holandês sempre garante um sopro de criatividade no time. No posicionamento tático não houve tanta mudança, como o jovem francês ocupando a mesma faixa direita de ataque.

Aos 31 minutos Ancelotti fez as duas últimas trocas e elas não podiam ser mais triviais. Lahm e Alaba entraram nos lugares de Rafinha e Bernat respectivamente, mudando apenas as laterais. Ao menos a entrada do austríaco fez com o que o time criasse mais chances.

Aos 36 minutos Alaba fez jogada individual pela esquerda e cruzou com força para a área. A bola passou perto de Lewandowski mas o centroavante não conseguiu desviar para o gol.

Já aos 40 minutos o Bayern perdeu a melhor chance do segundo tempo. Alaba cruzou a bola da intermediária nos pés de Javi Martinez dentro da área. O zagueiro recebeu livre mas bateu cruzado, para fora.

Aos 42 minutos, Müller recebeu a bola e invadiu a área pelo meio. Na hora do arremate Nastasic cortou e Fahrmann completou a defesa.

Já nos descontos e no abafa, Javi Martinez levantou a bola na área, Lewandowski ajeitou de cabeça e novamente Nastasic salvou na hora do chute de Coman, mandando para o escanteio. Porém nada mais aconteceu e o empate simbolizou a falta de criatividade bávara e o bom controle defensivo do Schalke, conquistando um ponto fora de casa.

Com o empate, cada um soma um ponto na 19ª rodada da Bundesliga.

O Bayern se mantém na liderança com 46 pontos, 4 pontos à frente do RB Leipzig, mas com um jogo a mais. Os bávaros voltam a jogar na terça-feira (7), quando recebe o VfL Wolfsburg na Allianz Arna pela DFB-Pokal

Ficha Técnica

FC Bayern: Neuer - Rafinha (77' Lahm), Martinez, Hummels, Bernat (77' Alaba ), Vidal, Alonso, Robben (90' Coman), Müller, Costa, Lewandowski
Reservas:: Ulreich - Thiago, Sanches, Benko

Schalke: Fährmann - Höwedes, Naldo, Badstuber (59' Nastasic), Stambouli, Caligiuri, Bentaleb, Goretzka (87' Kehrer), Kolasinac, Schöpf, Burgstaller (73' Choupo-Moting)
Reservas: Avdijaj, Nübel, Konoplyanka, Geis

Gols: 1-0 9' Lewandowski, 1-1 13' Naldo

Cartão amarelo: Martinez - / Bentaleb

TAGS: Bundesliga Neuer Badstuber Schalke 04 Lewandowski Allianz Arena

BUNDESLIGA 2016/17

Classificação Pontos
TABELA COMPLETA

ARTILHEIROS

Jogador Gols
gols
gols
gols
gols

Títulos

Bayern München 24 títulos
Borussia Dortmund 5 títulos
Mönchengladbach 5 títulos
Hamburger 3 títulos
Stuttgart 3 títulos
VER TODOS OS CAMPEÕES

VÍDEOS

ELENCO

Leonie Maier

Leonie Maier

  • Posição: Zagueira
  • Número: 20
  • No Bayern desde: Julho/2013
CONHEÇA O ELENCO

FACEBOOK